data='blog' name='google-analytics'/>

Seguidores

segunda-feira, 12 de maio de 2014

Uma dica simples para brigar menos em casa


Segundo uma pesquisa do controverso Dr. Brad Bushman, uma barrinha de cereal pode ser a chave para a paz no lar. Isto mesmo, nada de autodistanciamento, nem contar até dez – uma barrinha de cereal ou um doce (alguém falou chocolate?).
Na pesquisa, o Dr. Bushman usou uma boneca de vudu para medir a agressividade do casal em relação ao cônjuge. Durante três semanas, sempre à noite, 107 casais, com uma média de 12 anos de casamento, eram convidados a cravar até 51 agulhas em uma boneca de vudu representando a sua cara metade, e tinham o nível de glicose no sangue medido.

Por que o nível de glicose? O Dr. Bushman apontou que é sabido que há uma ligação entre baixos níveis de açúcar no sangue e o autocontrole – quanto menos açúcar, menor a capacidade de controlar a agressão. No fim do estudo, o casal era convidado a competir em um jogo em que o ganhador poderia “torturar” o outro com um ruído irritante, como unhas no quadro-negro ou broca de dentista.
Segundo o Dr. Bushman, o estudo, que foi publicado no Proceedings of the National Academy of Sciences, mostrou que quando as pessoas estão com o açúcar baixo no sangue, tendem a usar mais agulhas e barulhos mais altos, provando que sentimentos de raiva são mais difíceis de controlar nestes momentos de baixa glicose sanguínea.
Outra coisa que o estudo mostrou é que as pessoas geralmente não estão com raiva umas das outras, já que em 70% das vezes nenhuma agulha foi cravada na boneca. A média de todo estudo foi cerca de uma agulha por boneca. Apenas três pessoas usaram as 51 agulhas em uma oportunidade, e uma delas usou duas vezes em seguida.
A explicação residiria no fato que o cérebro é o órgão do corpo humano que mais consome glicose, e quando esta está em baixa, algumas funções cerebrais, como o controle da raiva, ficam prejudicadas. A pessoa ficaria em um estado que o Dr. Bushman chamou de “hangry”, uma mistura de faminto (do inglês “hungry”) com enraivecido (do inglês “angry”).
O conselho do Dr. Bushman é que as pessoas consumam uma barra de cereal ou um doce, mas algo com quantidade moderada de açúcar, antes de entrar em uma discussão que pode ser desagradável.


No geral, no entanto, a melhor estratégia é manter o nível de glicose estável, consumindo frutas e verduras. Outra dica oriunda da sabedoria popular é nunca discutir assuntos sensíveis ou dar notícias ruins antes das refeições, já que a paciência está sempre mais curta nestes momentos.
fonte: http://hypescience.com