data='blog' name='google-analytics'/>

Seguidores

quarta-feira, 19 de março de 2014

O objetivo do Yoga é descobrir nosso Eu imortal, o Ser interior.

"A jornada do Yoga é descobrir que existe, em cada um de nós, um núcleo interno de serenidade, sempre em contato com o Ser interior"


Praticar Yoga não é apenas alcançar flexibilidade, praticar posturas ou relaxar. O objetivo do Yoga é descobrir nosso Eu imortal, o Ser interior.


Yoga libera nossa criatividade. Traz conhecimento e sabedoria estabelecendo uma estrutura para a autorrealização. É transformador.

Yoga é para aqueles que desejam a felicidade e anseiam pela liberdade interior. É se libertar das amarras do ego. É aprender a purificar o ego negativo e desenvolver o ego positivo que pode refletir a Luz do Ser.


Para essa jornada interior, precisamos nos observar, corrigir nossos erros, superar desafios, com aplicação constante, um coração amoroso e agradecido.

Para nossa evolução espiritual, precisamos desenvolver a percepção ética e moral. Temos que nos transformar para poder participar e agir no mundo sem ser enredados e contaminados por ele.



A jornada do Yoga começa com a Ética do Yoga, que é universal e pessoal. É o alicerce do Yoga. É Filosofia em ação. 

A Filosofia do Yoga ensina a nos libertar do egoísmo e cumprir nossas responsabilidades com alegria e boa vontade. 

A vida ética contribui para o desenvolvimento harmonioso do corpo e da mente. Desde o agir corretamente, com honestidade, como não desperdiçar comida ou água.

A Ética do Yoga consiste em:

1. Yama: que são disciplinas éticas externas.

2. Niyama: são observâncias éticas internas.

3. Yama e Niyama são os pilares do Yoga.

São cinco preceitos de Yama: 

1. Não violência, não agressão.

2. Não mentir. 

3. Não roubar. 

4. Autocontrole. 

5. Não cobiçar, desapego.

Yama é a não violência em pensamentos, palavras e ações. É cultivar o positivo em nós. É viver e dizer a Verdade. Controlar os sentidos, buscando o equilíbrio. Não comer demais, nem de menos. Não dormir demais nem de menos. E assim, buscar "o dourado caminho do meio" em tudo, como diz a Bhagavad Gita, uma das escrituras sagradas do Yoga. 

Niyama é a purificação de si mesmo. 

São cinco Niyamas: 

1. Limpeza do corpo e da mente.

2. Contentamento.

3. Autoesforço, disciplina.

4. Autoestudo para o autoconhecimento e canto de mantras de escrituras sagradas do Yoga.

5. Entrega devocional a Deus.

Enquanto Yama é a raiz do Yoga, Niyama é a ética pessoal, é o "tronco que desenvolve a força física e mental para a autorrealização", como disse o Mestre yogue B.K.S.Iyengar.

Aprendemos com os Yamas a desenvolver controle sobre nossas palavras e ações no mundo externo.

Com os Niyamas, desenvolvemos as cinco etapas de autopuriifcação. Essas observâncias nos ajudam a desenvolver a autodisciplina e estão associadas ao nosso mundo interno e sentidos de percepção.


Para alcançar a verdadeira liberdade, precisamos conquistar mais autodomínio, sensibilidade, virtudes, qualidades positivas e consciência para termos uma vida melhor e evoluirmos espiritualmente.

Vamos experimentando um aumento de liberdade à medida que conquistamos autoconfiança, bondade e compaixão, alegria pela felicidade dos outros, boa vontade de ajudar e equanimidade diante de nossos problemas. 

Para o Yoga, liberdade significa equanimidade, que significa não ser afetado pelas dualidades da vida, nem pelos prazeres nem pelos sofrimentos. Manter o equilíbrio e conseguir estar feliz APESAR DE...
É um grande desafio, mas com autoesforço, determinação e confiança, conseguimos chegar lá.

A jornada do Yoga é descobrir que existe, em cada um de nós, um núcleo interno de serenidade, sempre em contato com o Ser interior, Deus dentro de nós. 

Como seres humanos tentamos conciliar o paradoxo de caminhar pela Terra enquanto buscamos sentir a essência divina que reside em nós. E, a única maneira para conciliarmos as paradoxais exigências do corpo, da mente e da Alma, é observar os princípios éticos. 

Se você deseja ser feliz, anseia pela liberdade e paz mental, você já começou a dar os primeiros passos na direção da jornada interior. Continue com perseverança, aplicação constante, honestidade, motivação e devoção a Deus.

Descubra quem você é. Descubra sua verdadeira identidade-o Ser interior que habita em você. 

Liberte-se de pensamentos conflitantes e dos padrões mentais negativos. Aprenda a aplicar o poder do pensamento positivo através do Yoga e conquiste a tranquilidade da mente. 
fonte: http://www2.uol.com.br