data='blog' name='google-analytics'/>

Seguidores

quarta-feira, 26 de março de 2014

Você sabe quais amigas deve evitar?? Veja 10 tipos...




Duvido que você já não tenha se decepcionado com alguma pessoa que você considerava “amiga”. É difícil encontrar a sua alma gêmea da amizade logo de cara. Infelizmente, nem toda “amiga” é exatamente o que parece.
Vocês podem ter o mesmo estilo e gostar das mesmas coisas. Sem problemas, mas isso não fará dela uma pessoa confiável. Eu, por exemplo, tive milhares de ‘amigas’ e, em certos momentos, que acreditei na amizade e botei a mão no fogo. Queimei, óbvio. O pior é que sou daquelas que se entrega completamente e só percebe que não deveria ter feito isso quando está com a cara colada no asfalto. É, bebês, não é fácil.
E como fazemos para diagnosticar? É complicado porque cada uma tem uma personalidade. O que fizemos foi tentar ajudar você a encontrar as divergências separando os 10 principais tipos de “amigas” que devemos evitar. Aproveite e avalie-se. Quem sabe encontra alguma dessas características em você.
Porque né? Pode ser que o problema não seja com as outras pessoas… 



:x
1ª – Amiga narcisista: “É aquela que só ama a si mesma. Não consegue ouvir o próximo, apesar de estar aparentemente olhando para você quando conversam, ela está pensando em outras coisas do interesse dela. Na maioria das vezes não sabem compartilhar. “
Em outras palavras é aquela que sabe que é mais bonita que você. Normalmente, ela acha que é a mais linda de todas. A melhor. Por exemplo, vocês vão sair e marcaram de se encontrar na casa dela. Aí você entra linda e radiante pela porta e ela te olha dos pés a cabeça. Se você estiver mais bonita, certamente ela mudará de roupa ou dirá que não está mais afim de sair. #TrueStory
Pode ter certeza que alguém assim não é uma companhia que mereça a sua consideração.  Ela pode até estar ao seu lado, mas não vai acrescentar nada na sua vida. Todo cuidado é pouco. Se ela se sentir ameaçada irá fazer o possível para semear a discórdia na sua vida. Se você quiser insistir nesta amizade descobrirá que na realidade a mocinha tem um sério problema de autoestima baixa escondido.



2ª – Amiga egoísta: “São aquelas que pouco oferecem, mas sabem sugar bastante de todos que estão ao seu redor. São como vampiros emocionais e materiais.”
Eu tenho repulsa de mulher assim. Imagine a cena: você está lá toda feliz da vida quando ela aparece te bombardeando com tristezas, confusões, frustrações e dúvidas sobre o relacionamento com o namorado/pai/mãe/vizinho. Isso até seria aceitável se fosse uma vez ou outra, mas ela faz isso TODA VEZ QUE TE VÊ! Só te procura quando está numa pior e quer desabafar. Fica horas e horas falando sobre o mesmo assunto e você pacientemente aconselhando. Resultado disso? Ela alivia todas as tensões e arranca o peso das costas atirando bem no meio da sua cabeça. Aí num belo dia em que  você precisa de colo vai procurá-la. Nada demais, apenas quer desabafar também. É nessa hora que descobre que a grandíssissima filha da puta não está disponível para você.


3ª – Amiga presa ao passado: “As pessoas que vivem presas ao passado são auto-punitivas, têm pouca coragem e tendem a ser negativas com relação ao futuro.”
Sabe aquela “amiga” que parece que não quer que você evolua na vida? É como se fosse uma bola de aço presa ao seu pé. Cuidado com ela. É extremamente perigosa, sério. Você chega toda contente falando que tem uma entrevista de emprego marcada (ou qualquer outro projeto) e ela não te dá apoio nenhum. Parece que não quer que melhore de vida. Todo o conselho será feito para o lado negativo da coisa. O prazer dela é que você fique estagnada. Tudo isso porque ela parou no tempo e tem medo de avançar ou tomar uma atitude. O pior é que ela não anda e não admite que ninguém mais siga a vida. Ui, sai pra lá!


4ª – Amiga preconceituosa: “Não consegue desapegar das ideias e ver novos ângulos das situações. Elas podem ser cruéis ou tirânicas com os amigos.”
Normalmente elas tiram conclusões próprias e agem seguindo conceitos sem enxergar o que pode estar por trás do que apenas estão imaginando. Seja lá qual for a sua diferença, ela vai te ignorar e sair espalhando absurdos sobre você.
Tive uma amiga lésbica. A gente andava juntas e nunca vi problema algum nisso. Hoje, é normal garotas saírem beijando garotas por aí, mas volte uns 15 anos para você ver. Fomos uma balada, eu, a lésbica e a preconceituosa. Após muita bebedeira, aconteceu um beijo. A minha “amiga” viu e VOMITOU. Foi embora correndo e disse que nunca mais falaria com a gente. Simplesmente ignorou e contou para todo mundo que podia que eu andava com uma ‘lésbica’. Gente, nem quero alguém assim por perto. Eu, educada que sou, mandei uma mensagem no celular: “Não se preocupe, meu bem, você não faz nosso tipo”.


5ª – Amiga Invejosa: “É aquela que tem um sentimento de aversão ao que você tem e a própria não tem. Este sentimento gera o desejo de ter exatamente o que a outra pessoa tem (pode ser tanto coisas materiais como qualidades inerentes ao ser) e de tirar essa mesma coisa da pessoa, fazendo com que ela fique sem. É um sentimento gerado pelo egocentrismo e pela soberba de querer ser maior e melhor que todos, não podendo suportar que outrem seja melhor.
Essa pode ser confundida facilmente com a “Presa ao Passado”. A diferença é que esta vai te abraçar, dizer o quanto você é legal e que te adora. Na realidade, ela quer ser você e se sente frustrada por não conseguir.

segunda-feira, 24 de março de 2014

Mente Vazia, Mente Tranquila





Alguns dizem que é preciso esvaziar a mente. Eu pergunto: como esvaziar o que já está vazio?

Há uma história Zen muito interessante. Certo dia um jovem aspirante pediu ao Mestre Zen que aquietasse sua mente. O Mestre disse:

—“Traga sua mente aqui, entregue-a a mim e eu a aquietarei.”

quarta-feira, 19 de março de 2014

O objetivo do Yoga é descobrir nosso Eu imortal, o Ser interior.

"A jornada do Yoga é descobrir que existe, em cada um de nós, um núcleo interno de serenidade, sempre em contato com o Ser interior"


Praticar Yoga não é apenas alcançar flexibilidade, praticar posturas ou relaxar. O objetivo do Yoga é descobrir nosso Eu imortal, o Ser interior.


Yoga libera nossa criatividade. Traz conhecimento e sabedoria estabelecendo uma estrutura para a autorrealização. É transformador.

Yoga é para aqueles que desejam a felicidade e anseiam pela liberdade interior. É se libertar das amarras do ego. É aprender a purificar o ego negativo e desenvolver o ego positivo que pode refletir a Luz do Ser.


Para essa jornada interior, precisamos nos observar, corrigir nossos erros, superar desafios, com aplicação constante, um coração amoroso e agradecido.

Para nossa evolução espiritual, precisamos desenvolver a percepção ética e moral. Temos que nos transformar para poder participar e agir no mundo sem ser enredados e contaminados por ele.

quinta-feira, 13 de março de 2014

Você sabe, quanto é importante a Vitamina D?

Postei esse assunto aqui pra todos nós, pois descobri que tenho falta de vitamina D, e fui as pesquisas..e olhem o quanto é importante!!

Poucas substâncias servem tão completamente ao organismo quanto a vitamina D. As descobertas mais recentes da medicina indicam que praticamente todos os tecidos e órgãos se beneficiam dela. “Direta ou indiretamente, a vitamina D está relacionada a pelo menos 2.000 genes, o que comprova a sua vasta gama de benefícios”, disse o endocrinologista americano Michael Holick, professor da Universidade de Boston, o grande pesquisador do assunto e autor do livro “Vitamina D — Como um Tratamento Tão Simples Pode Reverter Doenças Tão Importantes.”

Já são conhecidos os benefícios da vitamina D na formação dos ossos e dentes. Mais recentemente, as pesquisas têm apontado seu possível efeito em diversos sistemas do corpo, como o imunológico e circulatório. E, entre eles, também o reprodutor. “Começaram a surgir alguns trabalhos mostrando alguma relação entre a vitamina D e a fertilidade desde 2008 e 2009″, afirma Jorge Haddad, especialista em reprodução assistida da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).

terça-feira, 4 de março de 2014

O que significa a Quarta-feira de Cinzas


A Quarta-feira de Cinzas representa o primeiro dia da Quaresma no calendário gregoriano, podendo também ser designada por Dia das Cinzas e é uma data com especial significado para a comunidade cristã. A data é um símbolo do dever da conversão e da mudança de vida, para recordar a passageira fragilidade da vida humana, sujeita à morte. Coincide com o dia seguinte à terça-feira de Carnaval e é o primeiro dos 40 dias (Quaresma) entre essa terça-feira e a sexta-feira (Santa) anterior ao domingo de Páscoa.

segunda-feira, 3 de março de 2014

História do carnaval no Brasil

O carnaval no Brasil tem suas raízes históricas no período colonial, tornando-se uma lucrativa atividade comercial no século XX

Desenho de Jean Baptiste-Debret (1768-1848) mostrando a brincadeira do entrudo entre os escravos

A história do carnaval no Brasil iniciou-se no período colonial. Uma das primeiras manifestações carnavalescas foi o entrudo, uma festa de origem portuguesa que, na colônia, era praticada pelos escravos. Estes saíam pelas ruas com seus rostos pintados, jogando farinha e bolinhas de água de cheiro nas pessoas. Tais bolinhas nem sempre eram cheirosas. O entrudo era considerado ainda uma prática violenta e ofensiva, em razão dos ataques às pessoas com os materiais, mas era bastante popular.

Isso pode explicar o fato de as famílias mais abastadas não comemorarem junto aos escravos, ficando em suas casas. Porém, nesse espaço havia brincadeiras, e as jovens moças das famílias de reputação ficavam nas janelas jogando águas nos transeuntes.

Por volta de meados do século XIX, no Rio de Janeiro, a prática do entrudo passou a ser criminalizada, principalmente após uma campanha contra a manifestação popular veiculada pela imprensa. Enquanto o entrudo era reprimido nas ruas, a elite do Império criava os bailes de carnaval em clubes e teatros. No entrudo, não havia músicas, ao contrário dos bailes da capital imperial, onde eram tocadas principalmente as polcas.