data='blog' name='google-analytics'/>

Seguidores

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Importância do ferro para a saúde e como o organismo o absorve- entenda

Bem Estar desta quarta-feira (23) explicou quais alimentos têm o mineral.
Carnes são as principais fontes e têm a melhor absorção pelo organismo.


A anemia ferropriva, por falta de ferro, é um dos distúrbios nutricionais que mais têm aumentado no mundo - um dos motivos para isso é o alto consumo de produtos industrializados, pobres em nutrientes.
Porém, por outro lado, alguns setores da indústria têm acrescentado ferro em alguns alimentos, como cereais, leite e iogurtes, por exemplo. No Brasil, onde o índice de anemia é alto, as farinhas devem ter obrigatoriamente ferro, o que consequentemente faz com que pães, bolos, doces também tenham.
Como explicaram a pediatra Ana Escobar e a nutricionista Tânia Rodrigues no Bem Estar desta quarta-feira (23), o ferro é importante para a saúde porque, além de prevenir a anemia,  funciona também como um combustível para que a hemoglobina, célula do sangue, transporte o oxigênio para todo o corpo. Para as crianças, a recomendação diária é de 1 mg a 2 mg por quilo para crianças com até 10 kg; já os homens devem ingerir 10 mg de ferro por dia; para as mulheres, essa necessidade sobe para 15 mg, principalmente após a menstruação ou em caso de gravidez, quando pode ocorrer perda de ferro pelo sangue.

Entre os tipos de ferro disponíveis para consumo, estão: o ferro 0, metálico das barras de ferro, usado para enriquecer, por exemplo, os cereais matinais. Quando esse ferro entra em contato com o estômago, ele se transforma em ferro 2, tipo pronto para formar a hemoglobina, como mostrou a reportagem da Natália Ariede 
Esse ferro 2 está presente nas carnes, que são as principais fontes e que têm a melhor e mais direta absorção do mineral pelo organismo, como explicou o químico Luís Fernando Pereira. Já o ferro 3 está dentro dos vegetais e, nesse caso, para se transformar em ferro 2 e ser melhor absorvido pelo organismo, precisa de vitamina C – por isso, a combinação de feijoada com laranja, por exemplo, é recomendada, como lembrou a nutricionista Tânia Rodrigues.

fonte: http://g1.globo.com/bemestar