data='blog' name='google-analytics'/>

Seguidores

terça-feira, 26 de março de 2013

Dificuldades para se concentrar na leitura



“Aprendendo a Domar seus pensamentos” 

Quantas vezes você se propôs a estudar e ao começar a ler a segunda linha não sabia mais o que 

estava escrito na primeira? Ou, ainda, na melhor das hipóteses , fez um esforço um pouco maior e o
máximo que conseguiu foi chegar ao final da página, enquanto “lutava” com seus pensamentos, que 
divagavam em torno de vários assuntos, menos os referentes ao que acabara de ler? Pois é, você pode 
estar sofrendo da SFC (Síndrome da Falta de Concentração). Mas fique calmo: você pode corrigir isso. 
Imagino que neste exato momento você esteja mais preocupado em saber como se resolve 
isso do que em saber como se adquire isso, o que é bastante válido, porém isso pode sugerir um 
outro “probleminha” chamado DEA (Deficiência no Equilíbrio da Ansiedade), bem característico das 
pessoas que querem conhecer o final do livro antes mesmo de começar a lê-lo, das que 
querem partir logo para solução de exercícios antes de conhecer sua base teórica, das que 
sabem bastante, mas na hora da prova acabam tendo amnésia. Sobre ansiedade, podemos até 
nos aprofundar em outra oportunidade, porém é importante salientar que a ansiedade também é uma 
das causas da dificuldade de concentração. 
Vamos dizer que a causa é o fato gerador do problema, portanto, é importante que você a 
conheça. Sem identificá-la, corre-se o risco de ficar sem solução, perpetuando esta deficiência, afinal 
“chupar bala não resolve o problema do mau hálito, apenas o disfarça”. Desse modo, é importante que 
você saiba as possíveis causas da SFC. 
Várias podem ser as situações causadoras da falta de concentração. Como situações causadoras 
mais sérias, entre outras, temos a depressão e o TDAH (transtorno de déficit de atenção e 
hiperatividade) que afetam também a fase adulta e, entre as mais simples, vamos citar algumas como: 
estresse em geral, sono de baixa qualidade, “vício” em fazer várias coisas ao mesmo tempo, ansiedade, 
como já citada acima, alimentação inadequada, ah! sim, também o mau hábito que alguns possuem de 
estudar enquanto assistem à televisão. 
A esta altura, uma pergunta persiste: afinal como resolver o problema? Lógico que para cada 
causa teremos uma solução diferente, mas de maneira geral vou dar a dica de um exercício que 
ajudará bastante. Você deve fazê-lo diariamente. À medida em que se torne fácil, aumente sua 
dificuldade. Mentalmente imagine duas colunas, sendo uma ao lado da outra, a primeira começando 
com o 0 (zero) e outra começando com o número 100 (cem), ( 0 – 100). 
Na coluna da direita (0) você sempre aumentará 2 números, até chegar no total de 100, e na 
coluna esquerda (100) diminuirá 2 números, até que a coluna chegue a zero. Você deve executar esta 
tarefa simultaneamente e lembre-se: sem o uso de papel e caneta. Você deverá apenas recitar os 
números. Logo, você fará da seguinte maneira: 
0 – 100, 2 – 98, 4 - 96, 6 – 94... sucessivamente até chegar em 96 - 4, 98 - 2, 100 - 0. 
Se preferir peça a alguém que o ajude monitorando sua contagem, pois se você fizer sozinho e se 
perder, terá que começar do 0 – 100 outra vez. A outra pessoa poderá lhe dizer a última seqüência de 
pares de números certos que você pronunciou. 
Este simples exercício é de fato bastante poderoso. Além de trabalhar a concentração, ele também 
estimula a atenção e a memória. Leve a sério e perceba os resultados. Esteja atento a novas dicas e 
“boas práticas”. 
Drª Nanci Azevedo Cavaco – Academia do Cérebro 
Neurocientista especializada em memória e aprendizagem 
Psicopedagoga, Máster Practitioner em Programação Neurolingüística 

fonte: http://www.editoraferreira.com.br


Siga as 10 dicas para se concentrar na leitura!



1 – Desligue TUDO!: não tem como querer se concentrar com o computador, o rádio e a TV ligados e batendo papo via sms com a best, não é mesmo? Para manter o foco na leitura é necessário “esquecer” de tudo isso por um instante e prestar atenção apenas no que se lê. Assim, a leitura fica muito mais prazerosa!
SEM MUSICA, SEM NOTEBOOCK

2 – Esteja confortável: não adianta nada você querer se concentrar na leitura estando desconfortável! O melhor jeito é sentar-se numa mesa e apoiar o livro em uma superfície lisa. Assim você se “cansa” menos rápido e não tem perigo de ter uma tremenda dor nas costas no dia seguinte.

3 – Defina metas: “hoje vou ler 10 páginas desse livro”. Prometeu? Então, tente cumprir! Quando você alcança uma meta (por menor que seja), isso te dá aquela sensação boa de estar conseguindo se focar e desenvolve sua capacidade de concentração. Assim você terá mais força de vontade para continuar a progredir na leitura.
4 – Busque novas opiniões: os blogs literários estão aí para isso! Aproveite para conhecer novas opniões e mostrar o seu ponto de vista. Isso vai fazer com que sua curiosidade sobre o livro (e o seu “foco” nele) aumente!
5 – Leia o que te interessa: essa é uma dica básica: se você não gosta de livros de fantasia, por exemplo, não adianta começar por eles! Se você é superfã de romances e dramas, procure livros com esses temas, isso vai te prender mais à leitura!

6 – LUZ!: a luz é uma aliada superimportante para a concentração. Procure ler nos horários de luz natural, ou seja, durante a manhã e à tarde. Se você só puder ler durante a noite, lembre-se que a lâmpada não pode ser potente ao ponto de fazer contraste com as folhas do livro.




7 – A distância exata: o livro deve estar a cerca de 50 cm dos olhos, para que você consiga focar bem os grupos de palavras sem forçar a vista ou ter dor de cabeça. Ler com aquela dorzinha chata, ninguém merece, e não ajuda em nada na concentração, não é mesmo?

8 – Evite interrupções: tente não fazer intervalos durante a leitura, seja qual for o motivo, principalmente se não for algo de extrema importância, ok?
9 - Crie o hábito: Evite ler em um horário diferente a cada dia. Quando você cria o hábito da leitura fica mais fácil “parar tudo” para se dedicar à algumas horinhas com as palavras. Aproveite e confira nossas 10 dicas para deixar a leitura mais atraente.
10 – Pratique exercícios: com certeza os exercícios físicos ajudam não só a definir o corpo, mas também a focar e concentrar mais em suas atividades. Tente praticar (no mínimo) meia hora de exercício aeróbico por dia. Você vai se sentir mais disposta para encarar novos desafios.

fonte: http://todateen.uol.com.br