data='blog' name='google-analytics'/>

Seguidores

terça-feira, 18 de maio de 2010

Inverno de verdade em Urubici




L
 
Nenhum lugar do País faz tanto frio quanto no Morro da Igreja, bem no alto da Serra Geral, a 25km do centro de Urubici. Em 1990, os termômetros registraram um recorde na região: 17ºC negativos.
A paisagem é deslumbrante. Indo do centro da cidade ao alto do morro, a 1.828m de altitude, tem-se a impressão de estar em alguma cidadezinha da Europa. As nuvens passam tão rasantes por ali, que não é raro encobrirem grande parte da paisagem formada por muitos morros.
A neve, a protagonista do inverno local, aparece pelo menos três vezes ao ano. E quando isso acontece, os poucos hotéis e pousadas do município não são suficientes para abrigar todos os turistas que chegam para conhecer o inverno mais frio do Brasil.
As pousadas são, na maioria, belas fazendas que cultivam costumes dos antigos tropeiros que por ali passavam transportando gado, a partir do final do século XVIII até meados do século passado. Passeios a cavalo, chimarrão, música e culinárias típicas - estes últimos próximos a uma boa lareira - são indispensáveis para quem quer conhecer de perto o verdadeiro sabor da vida no campo.
Outras atrações para os que querem levar belas imagens registradas, são as cascatas da região. No caminho para o Morro da Igreja, fique atento para a placa que indica a entrada para a Cascata Véu de Noiva, a 18km do centro. Só os gados, pastando à beira do caminho de terra que desce até o local, já garantem uma bela visão bucólica.
Depois de presenciar todas estas maravilhas, você vai entender o porquê da placa "Bem-vindo a Urubici, terra das belas paisagens", logo na entrada da cidade. k